Como reagir ao experimentar algo inexplicável?

Há momentos inexplicáveis que desafiam a nossa visão do mundo. Muitos reagem com uma conversão de fé, mas será sempre assim?

Um dia tive um almoço muito interessante com um aluno que me partilhou uma experiência da sua vida sobre algo inexplicável. Ele, céptico, depois dessa experiência não passou a crer em Deus, mas deixou de ser céptico. Logo, o inexplicável não é uma ponte directa para Deus, mas somente um modo de nos ajudar a perceber que a realidade é mais do que, simplesmente, aquilo que conseguimos explicar.

É verdade que, de tudo o que é inexplicável, Deus mantém-se o maior mistério da história do universo. Tão misterioso que seja lícito não acreditar N’Ele. Essa é uma forma de reagir ao inexplicável, isto é, negar o que não conseguimos explicar. Mas será essa a melhor reacção? Se em ciência reagíssemos assim, não haveria sequer ciência.

O inexplicável é sempre um desafio às nossas crenças. Pensando na experiência do meu aluno, ou de outros amigos, mesmo um céptico precisa de crer que o seu cepticismo é a postura correta perante a verdade. Qualquer postura – céptico, crente em Deus, agnóstico, ateu – é apenas o resultado da experiência de vida que temos e daquilo que faz mais sentido, e possui significado para nós. Daí que a reacção ao experimentar o inexplicável possa desafiar as nossas crenças, pois, perante uma experiência temos a necessidade de encontrar de novo o sentido e significado daquilo que vivemos.

Como reagir, então, diante de uma experiência inexplicável?

1. Mente aberta

Perante algo que não consegues explicar e que desafia os padrões daquilo que consideravas como real, uma reacção é abrir a mente. Muitas vezes, as reacções na forma de descrenças perante o inexplicável são o fruto de termos fechado a mente em torno de ideias, conceitos, pensamentos que nos dão segurança. O que sai fora da caixa não pode ser verdade porque isso exige uma mudança de mentalidade e nem todos estamos confortáveis com isso. Mas, se pensarmos bem, uma mente fechada é uma mente aprisionada.

Abrir a mente ao inexplicável significa estar disposto a desafiar aquilo em que acreditamos para acolher a verdade que está diante de nós. Ter uma mente aberta dispõe-nos a procurar explicações a outros níveis de compreensão da realidade. E isso, ao contrário do que parece, aproxima-nos da verdade.

2. Aprofundar

Se temos uma mente aberta e estamos dispostos a sair da nossa zona de conforto sobre o que é real, então, a reacção seguinte é o desejo de aprofundar. Uma mente aberta possui o interesse desperto, vive curiosa e começa a procurar algo que dê sentido ao inexplicável.

Daí que seja importante ler, pensar, dialogar com quem tem mais experiência, escrever e partilhar os nossos pensamentos e experiências com os outros. Aprofundar é uma reacção activa que podes ter quando não te sentes conformado com uma simples descrença perante o inexplicável.

3. Confiar

Embora existam muitas coisas que te acontecem que podes não saber explicar, podes confiar que um dia encontrarás o seu sentido e significado. Confiar é a reacção que provém da convicção profunda de que a verdade sobre tudo o que se passa à nossa volta não está coberta por um véu obscuro eterno. Não. Um dia haveremos de perceber, mas importa dar tempo ao tempo e continuar a caminhar.

A vida é um processo evolutivo em todos os seus aspectos. Não só o biológico, mas também o cultural e religioso. Daí a importância de reagir ao inexplicável com a confiança de que o mundo é inteligível.

Alguma vez viveste um episódio inexplicável na tua vida que tenha abalado as tuas crenças? Qual foi a reacção? Partilha-a nos comentários.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s